16 de mar de 2015

Escolhas ....


☆... Eu sei que um dia, entre a cruz e a espada, somos pegos pela dúvida de qual caminho seguir; o que nós queremos ou o que os outros nos impõem? A resposta é: se você não escolhe, alguém escolhe por você. Simples assim. 
 
E é inacreditável como as pessoas pensam saber quem são e o que querem para si. A verdade é que a grande maioria delas sabe apenas de onde vieram e o que não querem. São as vivências e as memórias que criam a identificação com um passado e dão a certeza para as intenções futuras. 
 
A vida é um constante processo de construção e reformulação do ser. Alegrias, traumas, medos, sonhos e tantas outras coisas vão impregnando na gente, desencadeando um alguém distinto a cada tanto. Por isso ninguém é de um mesmo jeito o tempo todo e para sempre. As pancadas nos endurecem, enquanto as gentilezas nos abrandam. 
 
E nesse jogo de quente e frio vamos nos moldando, engenhando e tomando algum tipo de forma. Vivemos uma aprendizagem inerente e contínua, portanto, é decerto que todos nós somos criaturas imperfeitas e egocêntricas. Recheados de virtudes e fraquezas, pontos fortes e fracos, somos um tanto de bondade e outro bocado de maldade. 
 
Não aceito a ideia de que alguém seja sublime ao ponto sentir-se dono de uma razão absoluta, muito menos de obrigar o outro a tomar uma decisão, nem dizer-lhe se está certo ou errado. Cada um tem os seus motivos, experiências e golpes, e não é de direito forçar ninguém, mesmo de forma implícita, a decidir a sua vida com base nos próprios anseios. Nossa individualidade é a nossa identidade. Somos seres pensantes munidos de poder de decisão, sobretudo, com a nossa existência. 
 
A vida é feita de escolhas e cada uma tem as suas perdas e os seus ganhos. É impossível acertar sempre, vencer todas as batalhas, inclusive aquelas que travamos contra nós mesmos. A vida é feita de escolhas. A vida é feita para viver. 
 
Quem manda na minha vida sou eu!! ...☆
 
 


☆☆... Texto escrito por Kareb Curi - Revista Bula ...☆☆






.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário e volte sempre!