29 de dez de 2014

Querências ...





☆... É humano querer o que nos é preciso, e é humano desejar o que não nos é preciso, mas é para nós desejável. O que é doença é desejar com igual intensidade o que é preciso e o que é desejável, e sofrer por não ser perfeito como se se sofresse por não ter pão.

O mal romântico é esse: é querer a lua como se houvesse maneira de a obter. ...☆




☆☆... Fernando Pessoa ...☆☆







.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário e volte sempre!